Castelo da Maia GC 2 – 3 SC Espinho – Vantagem Tigre

  Mais de um mês depois, o SC Espinho regressou à competição com um sensacional vitória na “negra” em casa do Castêlo da Maia. Os Tigres colocaram-se assim em vantagem na luta pelo 3º lugar e no apuramento por uma vaga na disputa do título de campeão da I Divisão. Nesta eliminatória à melhor de três, o próximo jogo é já no sábado na Arena Tigre e, caso seja necessário, as duas equipas voltam a encontrar-se no dia seguinte, novamente na Arena Tigre. Apesar do maior ritmo do seu adversário – jogou os quartos-de-final e a Final 4 da Taça de Portugal nos dois últimos fim-de-semana –, o SCE bateu-se bem e acabou por vencer a partida. Castêlo Maia GC 2 SC Espinho 3 Pavilhão do Castêlo Maia GC Rui Carvalho e Hélder Lainho Afonso Guerreiro (15), Helder Spencer (13), José Neves (4), Rui Moreira (13), Renan Freire (17), Gilson França (8) e Diogo Salvador (L); Hugo Campos, Francisco Fabião (1), Francisco Silva e Guilherme Menezes. Treinador: João Coelho José Rojas (23), Roberto Reis (15), Everton Almeida (14), Hélio Sanches (16), Luis Arias ‘Maita’ (7), Armando Velasquez (4) e Januário Alvar (L); Jose Verdi, Fabricio Barros (5) e Frederico Santos. …

SC Arcozelo vs SC Espinho

Sábado | 14 Abril | 17h00 Pavilhão Municipal – Arcozelo Próximo sábado nova batalha na luta pela subida de divisão. Contamos com o vosso apoio! #RaçaVareira #CapitaldoVoleibol #RugidodoTigre #SomosMaisDoQueNós

Castelo Maia GC x SC Espinho

Sábado | 14 Abril | 17h00 Pavilhão Castelo Maia GC Próximo sábado inicia play-off de disputa do 3º e 4º lugar da Divisão de Elite e consequentemente o título de Campeão Nacional da I Divisão. Contamos com o vosso apoio! #RaçaVareira #CapitaldoVoleibol #OndeTuVaisEuVou #RugidoDoTigre #SomosMaisDoQueNós

Ainda há objetivos pela frente

O SC Espinho não conseguiu o apuramento para a final do play-off do título, ao perder novamente com o SL Benfica. Os Tigres, que estavam obrigados a vencer na Luz para trazer o 4º Jogo desta eliminatória, à melhor de três, para a Arena Tigre, até entraram bem e por pouco não conseguiram impor-se no primeiro set. Contudo, a partir daí, o bom serviço dos rivais condicionou o ataque espinhense e foi decisivo para o desfecho do encontro. A equipa de Rui Pedro vai agora discutir uma vaga na final do apuramento de campeão da I Divisão (3º lugar) com o Castêlo Maia GC. SL Benfica 3 SC Espinho 0 Pavilhão nº2 da Luz Pedro Pinto e Michelle Ferreira André Lopes (6), Milija Mrdak (21), Marc Honoré (4), Frederic Winters (10), Zelão (7), Tiago Violas (4) e Ivo Casas (L). Treinador: José Jardim José Rojas (8), Roberto Reis (15), Everton Almeida (3), Hélio Sanches (9), Luis Arias ‘Maita’ (7), Armando Velasquez (1), Januário Alvar (L) e Simão Teixeira (L); Jose Verdi (1), Frederico Santos e Fabricio Barros. Treinador: Rui Pedro 25-23 25-18 25-22

Seniores femininas venceram

As nossas seniores femininas venceram por 3-0 o Vila Verde, naquele que foi o segundo de 14 jogos que ditam a subida de divisão. As tigres seguem invictas no nacional e focadas no grande objetivo da época. A próxima batalha é frente à Juventude Pacense, no próximo domingo às 18H, na Arena Tigre. #TodosAPensarNoMesmo #NãoQueremosATerceira #RaçaVareira#CapitalDoVoleibol #RugidoDoTigre

Tigres em desvantagem

O mau tempo impossibilitou que o primeiro jogo das meias-finais da Divisão de Elite se realizasse na Arena Tigre (piso escorregadio), mas a pronta disponibilidade da AA Espinho permitiu que a partida fosse transferida para o seu pavilhão. No entanto, quem melhor se adaptou foi o SL Benfica. Os Tigres ainda reagiram à boa entrada do Benfica, mas não conseguiram evitar que o encontro ficasse resolvido em quatro sets, num último muito quente. No próximo fim de semana realizam-se mais dois encontros na Luz, nesta eliminatória à melhor de três. SC Espinho 1 SL Benfica 3 Pavilhão Arq. Jerónimo Reis Nuno Teixeira e Rui Oliveira José Rojas (7), Roberto Reis (10), Everton Almeida (4), Hélio Sanches (10), Luis Arias ‘Maita’ (13), Armando Velasquez (1), Januário Alvar (L) e Simão Teixeira (L); Jose Verdi, Frederico Santos e Fabrício Barros. Treinador: Rui Pedro Andé Lopes (5), Milija Mrdak (19), Marc Honoré (11), Frederic Winters (14), Zelão (8), Tiago Violas (6) e Ivo Casas (L); Vinhedo e Hugo Gaspar (1). Treinador: José Jardim 12-25 16-25 25-19 14-25 Foto: Focal Point

Tigres fecham a vencer

O SC Espinho terminou a fase regular com um triunfo em Guimarães. Depois de vencer os dois primeiros sets com relativa facilidade, os Tigres não conseguiram fechar o encontro no terceiro e permitiram a reação do adversário. Contudo, na ‘negra’, a equipa de Rui Pedro voltou a mostrar o seu ascendente e trouxe dois pontos para casa. Segue-se agora o SL Benfica nas meias-finais da Divisão de Elite. O primeiro jogo é já no sábado na Arena Tigre. Vitória SC 2 SC Espinho 3 Pav. Desp. Unidade Vimaranense Ana Maia e Pedro Gonçalves Ivo Rodrigues (6), João Alves (16), Carlos Fidalgo (15), Miguel Cunha (13), Francisco Pombeiro (6), Piotr Ilewics e Luís Gervásio (L); Miguel Cunha e Carlos André Vilaça (6). Treinador: Adriano Paço José Rojas (22), Roberto Reis (9), Jose Verdi (8), Fabricio Barros (8), Hélio Sanches (20), Frederco Santos (5) e Simão Teixeira (L); Everton Almeida e Armando Velasquez. Treinador: Rui Pedro 16-25 9-25 25-23 25-20 10-15

SC Espinho prepara play-off

Já com o seu lugar assegurado no play-off do título (4 primeiros), o SC Espinho perdeu com o Sporting CP na penúltima jornada da primeira fase. Com um forte apoio na Arena Tigre, os Tigres ainda mostraram as garras no primeiro set, mas, com algumas mudanças táticas operadas por Rui Pedro a pensar nos play-off, já não conseguiram ser mais fortes nos seguintes. Na última jornada, o SCE visita o Vitória SC. SC Espinho 1 Sporting CP 3 Arena Tigre Vítor Gonçalves e Sérgio Pereira José Rojas (15), Roberto Reis (12), Everton Almeida (5), Hélio Sanches (10), Luis Arias ‘Maita’ (12), Armando Velasquez (1) e Januário Alvar (L); José Verdi (3) e Fabricio Barros. Treinador: Rui Pedro Liberman Agámez (18), Kibinho (6), Miguel Maia (3), Ivan Marquez (15), Garret Muagututia (8), Luke Smith (17) e Hugo Ribeiro (L); Angel Dennis (1), José Pedro Monteiro e Lourenço Martins. Treinador: Hugo Silva

Tigres não facilitam

Depois da sensacional vitoria no dia anterior, o SC Espinho manteve-se ligado à corrente e venceu o Clube K por 3-0. Os Tigres, que assim trouxeram para casa os 6 pontos em disputa este fim de semana nos Açores, ainda sentiram alguma réplica no segundo set, mas o triunfo pela margem máxima não lhe escapou. De folga na próxima jornada, o SCE apenas volta a entrar em ação no dia 24, com a receção ao Sporting na Arena Tigre, antes da visita ao Vitória SC no dia seguinte para encerrar a primeira fase. Clube K 0 SC Espinho 3 CD Laranjeiras Carlos Silva e Bruno Noronha Carlos Silveira (8), Ivan Postemsky (8), Angel Petit ‘Coco’ (5), Thiago Leite (5), João Campino (4), Valdir Reis (7) e Valdemar Ferreira (L); Rodrigo Cabral, Nelson Silva e João Almeida. Treinador: Carlos Silveira José Rojas (19), Fabricio Barros (10), Everton Almeida (5), Hélio Sanches (12), Luis Arias ‘Maita’ (1), Armando Velasquez (3), Simão Teixeira (L) e Januário Alvar (L); Roberto Reis (3), Jose Verdi (3) e Frederico Santos. Treinador: Rui Pedro 19-25 23-25 18-25

Missão cumprida

A três jogos de concluir a primeira fase, o SC Espinho garantiu já um lugar nos quatro primeiros, depois do brilhante triunfo em casa da AJ Fonte Bastardo (3-1) – primeiro critério de desempate: número de vitórias. Os Tigres, 3ºs classificados, somam 18, enquanto o Castêlo Maia GC, atualmente na 5ª posição, que, no máximo, ainda os pode igualar em pontos, tem 14, podendo chegar às 17. A equipa de Rui Pedro impôs-se nos dois primeiros sets, e apesar da reação dos açorianos, conseguiu fechar o encontro nas vantagens do quarto. O SCE volta a jogar este domingo nos Açores, encerrando esta jornada dupla frente ao Clube K. AJ Fonte Bastardo 1 SC Espinho 3 CD Vitorino Nemésio Hélio Ormonde e Carlos Correia Valdir Sequeira (15), Gerson Pereira (12), Aleksandrs Kudrasovs (10), Maicon Costa (7), Caíque Silva (10), Bruno Alves (3) e Daniel Posadas (L); Sime Vulin (2). Treinador: João José José Rojas (12), Roberto Reis (6), Everton Almeida (9), Hélio Sanches (11), Luis Arias ‘Maita’ (20), Armando Velasquez (2), Simão Teixeira (L) e Januário Alvar (L); Jose Verdi (1), Frederico Santos (1) e Fabricio Barros. Treinador: Rui Pedro 22-25 20-25 25-18 26-28